domingo, 25 de julho de 2010

Medo de amar...

Quantas vezes desejamos um amor para vida toda?...aquela pessoa que você possa contar,que quando você esta precisando de um abraço,ela te acolhe e não deixa que mal nenhum aconteça,o amor não é apoiar se,mas sim sonhar,fazer planos para um futuro entre duas pessoas e um só coração,até porque o amor é quando duas pessoas se tornam uma só carne.Nossa como ainda sonho com tudo isso,o pior que muitas vezes a solidão fala tão alto,que chega a apertar o coração,claro que não podemos depender dos nossos amores para sermos felizes,mas como é bom desfrutar de um amor verdadeiro!

A verdade que ainda sinto sua presença em mim,cada toque,cada beijo,cada abraço,cada lágrima..quantas vezes eu chorei em silencio por não poder ficar com a pessoa que tanto amo,acontece que todo esse tempo,tem me machucado,eu criei dentro de mim um medo,onde não consigo confiar,por que amor traz tanta "tristeza" se é o sentimento mais belo?

Acho que ninguém nunca irá entender a pureza desse amor,a distancia machuca,enche meus olhos de lágrimas.Ai senhor dê uma luz..acho que não suportaria não te ver nunca mais.

Existem muitas coisas que eu não sei,muitas perguntas das quais eu não tenho as respostas, mas se tem uma coisa que eu sei é que,não importa quanto tempo passe,o seu perfume ainda meche com meus sentidos.

Por isso eu fujo de você, eu corro das lembranças,eu fecho os olhos quando você passa,e continuo repetindo pra mim mesma que eu já não sinto a sua falta.

O sol brilha,mas ainda não consigo esquecer das lembranças,que me tira o sono...

E, bem, é preciso reconhecer uma batalha perdida...


É melhor deixar o tempo andar,e se precisar me procurar, Deus é quem vai marcar.

Um comentário:

  1. que lindoooo irmãaaaaaaaaaaa
    eu me emocioneei quando eu li...
    sz

    ResponderExcluir